Conheça o DNI, seu novo Documento nacional de identidade! Veja como fazer o seu!

O DNI — Documento Nacional de Identidade, promete trazer mais praticidade e segurança aos brasileiros, reunindo diferentes documentos em formato digital.

Desse modo, não será mais necessário carregar vários documentos físicos em situações que exigem comprovação da identidade.

Publicidade

Por ser uma novidade, o DNI desperta várias dúvidas, especialmente sobre a partir de quando começará a valer e como solicitar a Identidade Digital.

Veja as respostas para essas e outras questões a seguir!

Publicidade


O que é DNI?

DNI é a sigla de Documento Nacional de Identidade, também conhecido como Identidade Digital. Na prática, será um único documento digital que servirá para comprovar a identidade do cidadão.

O DNI trará dados biográficos, foto e biometria do titular, assim como um QR code de validação que se renova a cada acesso ao documento.

Sendo assim, não haverá necessidade de apresentar diferentes documentos de papel para utilizar serviços e realizar transações comerciais, por exemplo.

Publicidade

Além disso, o risco de fraudes será reduzido graças aos itens de segurança da Identidade Digital.

O DNI poderá ser acessado por meio de um aplicativo em smartphones e tablets. A princípio, o documento digital conterá os números do CPF e do título de eleitor.

Porém, existe previsão legal de que o Documento Nacional de Identidade incorpore também o número da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e posteriormente substitua a carteira de identidade tradicional, em papel.

DNI

A emissão da Identidade Digital faz parte do programa Identificação Civil Nacional (ICN), regulamentado pela Lei nº 13.444/2017.

Já conhece o MEU INSS? Veja como acessar o Portal!

Como vai funcionar?

A previsão é de que o DNI comece a ser emitido para a população ainda no segundo semestre de 2019. Na fase de teste, o DNI foi emitido aos servidores do TSE, do Ministério do Planejamento e do Congresso Nacional.

Para obter o documento, será necessário fazer um pré-cadastro no aplicativo DNI e depois comparecer a um posto do TSE e validar os dados biométricos (impressões digitais e face).

Quem não possui smartphone ou tablet não precisa ser preocupar, pois os documentos em papel continuarão valendo, mesmo depois que a Identidade Digital entrar em vigor!

O TSE esclareceu que a emissão do DNI não será feita somente para quem já cadastrou a biometria na Justiça Eleitoral. Porque o programa ICN também coletará as informações dos cidadãos que não fizeram o cadastramento biométrico.

CTPS Digital, mais uma inovação para facilitar sua via, confira aqui!

Número da Identidade Digital

O DNI terá um número próprio, individual para cada cidadão, composto por nove dígitos. Mas também trará em destaque o número do CPF, além da numeração de outros documentos.

De acordo com o TSE, em breve este número constará nas carteiras de identidade (em papel) emitidas pelos estados.

O Ministério do Planejamento ressalta ainda que o número de smartphones no país supera o de cidadãos, além de boa parte da população de baixa renda já ter acesso aos dispositivos móveis. Por isso, é provável que um grande número de brasileiros possa consultar o número do DNI e apresentar o documento sem dificuldade.

Vale ressaltar que cada documento só poderá ser baixado uma única vez e não será possível vincular o celular a mais de uma Identidade Digital.

Veja tudo sobre o e-Título aqui!

Como solicitar o Documento Nacional de Identidade?

Veja o passo a passo de como solicitar a Identidade Digital:

  • Baixe e instale o aplicativo DNI em seu smartphone ou tablet (diponível em Android e IOS);
  • Abra o aplicativo, faça o pré-cadastro. Em seguida, informe seus dados e cadastre uma senha de 6 dígitos, registrando assim seu interesse em obter a Identidade Digital;
  • Após realizar o pré-cadastro, compareça a um posto de atendimento a fim de fazer a validação biométrica. E também, a fim de vincular seu DNI ao dispositivo móvel;
  • Depois da vinculação ser concluída no posto, baixe o DNI (com o smartphone conectado à internet);
  • Após baixar o DNI, utilize a senha de 6 dígitos cadastrada para acessá-lo, mesmo quando não estiver conectado à internet.

Perda ou roubo do celular vinculado ao DNI

Em caso de perda ou roubo do celular vinculado ao DNI, o cidadão terá que comparecer ao TRE e fazer a desvinculação e assim poder cadastrar um novo aparelho. O mesmo ocorre em caso de venda do celular.

Lembrando que na visualizar o DNI no smartphone será necessário informar a senha cadastrada.

Logo, isso impede o acesso por terceiros em caso de perda ou roubo.

DNI físico

A emissão do DNI está prevista somente no formato digital até o momento. Ainda não foram divulgadas informações sobre a implantação da versão física do documento.

Agora você já sabe o que é o DNI e como obter sua Identidade Digital para ter mais praticidade e segurança no dia a dia.

Ajude a levar as informações a mais pessoas, compartilhe o artigo!

Publicidade

11399 vezes baixado



Avalie o artigo!

Publicidade