Sim. Para receber o PIS é necessário ter trabalho no mínimo 30 dias no ano anterior.

Porém, se você não chegou a trabalhar os 12 meses, receberá um valor equivalente aos meses trabalhados. Confira o calendário de saque do PIS.

Para você entender melhor, pode fazer uma conta e ter ideia do valor que será recebido confira o cálculo abaixo.

Publicidade

Cálculo do PIS – Proporcional

O valor a ser pago a título do PIS é de um salário mínimo vigente. Contudo este valor varia conforme a quantidade de meses trabalhados no ano anterior.

Confira como calcular:

  • Só é preciso pegar o valor do salário mínimo, que atualmente está em R$ 998,00
  • Esse seria o valor recebido se você tivesse trabalhado os 12 meses;
  • Agora, imagine que você trabalhou 7 meses do ano
  • A conta ficaria: R$ 998,00 ÷ 12 (meses do ano) = R$ 83,16. Esse valor é o que você recebe de PIS por mês;
  • Agora, você pega o valor mensal e multiplica pelos meses trabalhados: R$ 83,16 X 7 (meses trabalhados) = R$ 582.16
  • Esse seria o valor que você iria recebe de PIS se tivesse trabalhado sete meses no ano anterior.
Publicidade

Simples para entender, não é mesmo?

Entretanto, como o valor do salário mínimo é reajustado todo ano, os trabalhadores que forem receber o benefício no próximo ano, poderão ter valores diferentes.

Recebe o Pis

Mas afinal, quem pode receber o PIS?

Para ter direito a este benefício, o trabalhador precisa ter cumprido alguns requisitos mínimos, Confira abaixo:

  • Ter trabalhado com carteira assinado por no mínimo 30 dias, no ano anterior ao pagamento.
  • Ter recebido no máximo 2 salários mínimos por mês, média.
  • Estar inscrito no PIS por no mínimo 5 anos.
  • E, por fim, a empresa ter repassado o RAIS corretamente para o governo.

Aproveite também e confira também tudo sobre o PIS e o que significa NIS e PIS!

Compartilhe: