Atenção: Conteúdo informativo sobre o programa – Não oficial


Publicidade

Atualmente, novos pagamentos do Retroativo do Auxílio Emergencial são feitos mesmo que o programa não esteja em vigor.

O Ministério da Cidadania está oferecendo as parcelas retroativas para famílias monoparentais (com apenas 1 pai).

Publicidade

O governo federal encerrou o Auxílio Emergencial no final do ano passado, durante a vigência oficial do programa, os beneficiários podem visualizar informações sobre os benefícios por meio dos canais digitais disponíveis.

Segundo a pasta, cerca de 1,3 milhão de pessoas devem receber esses valores, a Caixa Econômica Federal emitiu parcelas adicionais para aproximadamente 823,4 mil pessoas.

Como resultado disso, cerca de 500.000 pais solteiros ainda não receberam seus devidos benefícios, que ainda não tem data para ser pago.

Publicidade

Enquanto o pagamento das parcelas restantes ainda não é liberado, se você quer saber quem tem direito ao Retroativo do Auxílio Emergencial, verifique mais abaixo.

Retroativo do Auxílio Emergencial

O valor da parcela adicional do Retroativo do Auxílio Emergencial varia entre R$ 600,00 e R$ 3.000,00 e depende do valor das parcelas recebidas pelo beneficiário em 2020.

Por exemplo, quem recebeu as 5 primeiras parcelas entre abril e agosto de 2020 pode ter direito a um valor de parcela adicional agora de até R$ 3.000,00.

Veja também:

[display-posts orderby="date" include_date="false" posts_per_page="5" taxonomy="category" tax_term="current" date_format="m/d/Y" exclude_current="true"]

Para aqueles que foram aprovados posteriormente e receberam apenas parte do Auxílio Emergencial de 2020, a fiança retroativa depositada pela Caixa não ultrapassa R$ 600,00.

Esse valor foi disponibilizado com aprovação da PEC dos precatórios no ano passado, o governo estendeu a liberação dos recursos, pagando parcelas retroativas a cerca de 1 milhão de cidadãos do sexo masculino.

O valor do retrospectivo corresponde às 5 parcelas pagas entre abril e agosto de 2020, quando os homens receberam o Auxílio Emergencial de R$ 600,00 enquanto as mães chefes de família receberam a parcela em dobro de R$ 1.200,00.

O pagamento retroativo foi aprovado no Congresso e o governo federal disse que seria feito nos primeiros meses de 2022.

Sobre os novos beneficiários do retroativo, as novas transferências estão sendo liberadas com o objetivo de corrigir erros cometidos na criação de benefícios em 2020.

Na época, apenas mães solteiras recebiam cotas duplas para o programa, mães solteiras recebiam R$ 1.200,00 o dobro dos R$ 600,00.

O presidente vetou um projeto de lei para ampliar as prestações públicas masculinas, o Congresso derrubou esse veto, tornando possível a transferência atual.

O público-alvo do retrospectivo é composto por pais de famílias monoparentais que podem até retirar o retroativo todo de uma só vez.

Segundo o governo federal, cerca de 823,4 mil beneficiários receberão R$ 2,4 bilhões.

Os beneficiários podem receber valores que variam de R$ 600,00 a R$ 3.000,00 dependendo do número de parcelas que foi recebido na primeira rodada de pagamentos do auxílio.

O Ministério da cidadania também seguiu alguns critérios para definir quem são esses beneficiários:

  • Para os cadastrados do CadÚnico e Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família): foi analisado se o pai solteiro é registrado como responsável pela família e recebe cota simples do Auxílio Emergencial, se não tem cônjuge ou companheiro e se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos na família
  • Público Cadastrado via App e Site: como esse grupo não conseguiu selecionar a opção Chefe de Família no momento do cadastramento, o Ministério da Cidadania está agora verificando se o Chefe de Família solteiro do sexo masculino recebeu uma parcela simples do benefício (R$ 600,00) não tem cônjuge ou companheiro de vida, se há pelo menos uma pessoa menor de 18 anos na família e também se não foi realizado o pagamento em dobro (R$ 1.200,00) para outro beneficiário ou pessoa da família que tenha se denominado chefe de família em cadastro prévio do mesmo benefício.

retroativo do auxílio emergencial

Quais são os valores?

Dependendo do número de parcelas recebidas pelo beneficiário em 2020, o valor das parcelas do retroativo varia de R$ 600,00 a R$ 3.000,00.

Por exemplo, quem recebeu 5 repasses do governo entre abril de 2020 e agosto de 2020, agora tem direito a um adicional de R$ 3.000,00.

Já quem foi aprovado posteriormente e recebeu apenas uma parte do Auxílio Emergencial de 2020, o depósito retroativo da Caixa será de R$ 600,00.

Quer saber mais sobre o Retroativo do Auxílio Emergencial? Continue nos acompanhando!

Acesse o nosso blog e confira mais conteúdos!

Publicidade