O Governo Federal promete algumas mudanças no Bolsa Família 2021. Entenda aqui as possíveis alterações e como ocorrerá o pagamento do benefício.

O formato atual do Bolsa Família está em vigor desde 2003. Sua principal função é contribuir na redução da pobreza no Brasil.

Publicidade

A partir de um cadastro, a pessoa beneficiada recebe um cartão como forma de saque do dinheiro transferido todos os meses.

Este valor fica disponível numa conta social criada para atender as demandas do programa. Portanto, descubra como funcionará o Bolsa Família 2021, confira nos próximos tópicos.

Previsão do pagamento Seguro Desemprego 2021

Critérios do Bolsa Família 2021

Inicialmente não haverá alterações nos critérios das pessoas beneficiadas, continua se atrelando a renda familiar. Desse modo, os critérios indicadores do perfil de quem pode solicitar o Bolsa Família são:

Publicidade

  • Ter crianças e/ou adolescentes (de 6 a 17 anos) matriculados na rede pública de ensino, estando com frequência escolar regular;
  • Renda mensal familiar de R$ 89,00 por pessoa, nesta circunstância, o requerente não precisa ter filhos menores ao solicitar o benefício;
  • Fazer a inscrição no Cadastro Único.

Os pais de crianças com menos de 7 anos, precisam colocar em dia o cartão de vacinas. Também, mulheres grávidas deverão comprovar sua frequência no pré-natal em uma rede na unidade de saúde. Assim, podemos dividir o ingresso no Bolsa Família 2021 nas seguintes etapas:

  1. Se inscrever no Cadastro Único no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) mais próximo do endereço do solicitante;
  2. Aguarde a chegada do Cartão do Bolsa Família, emitido pela Caixa e enviado pelos Correios;
  3. Em seguida, é preciso desbloquear o cartão e aguardar a data de saque.

Regularmente, o cadastro precisará ser atualizado, então, é importante acompanhar as informações do Governo Federal evitando perder o benefício. A etapa de análise é realizada, atualmente, pelo Ministério da Cidadania.

bolsa família 2021

Ampliação do Bolsa Família

A boa notícia aos beneficiários do Bolsa Família 2021 é a implantação com outros valores e a adição de algumas pessoas recorrentes do auxílio emergencial (surgido por causa da pandemia da Covid19). Também se prevê no novo formato o valor do benefício atingir o teto de R$ 300,00. Aproximadamente, 3 milhões de famílias se enquadrariam na versão do novo programa de transferência de renda. Atualmente o Bolsa Família é pago a 14,2 milhões de pessoas.

Publicidade

Por enquanto, a formalização desta ampliação permanece no campo especulativo, pois o Governo Federal ainda esbarra nos números. O orçamento previsto do projeto social em 2021 é de R$ 34,8 bilhões. O custo já é o dobro do aplicado em 2020, isso possibilitaria a entrada de mais beneficiários no programa. Mas, mesmo assim ainda carece de incremento na prática, por exemplo, os pagamentos das bonificações previstas.

Datas de pagamento

Conforme o Ministro da Cidadania, os parâmetros do Bolsa Família 2021 já entrariam em vigor em dezembro de 2020. Contudo, a promulgação das mudanças ainda não ocorreu. Então, tais alterações só serão visualizadas nos primeiros meses de 2021. A programação de pagamento do benefício é orientada pelo final NIS (Número de Identificação Social), descrito no cartão do Bolsa Família, o saque do auxílio só é liberado neste dia. É possível conferir o calendário de pagamentos do Bolsa Família 2021 diretamente no aplicativo do projeto, disponível em iOS e Android.

Novos acréscimos do Bolsa Família 2021

Em relação as bonificações prometidas pelo Governo Federal, no novo modelo do programa, todas visam estimular o melhor rendimento das crianças e jovens em idade escolar. Na proposta aguardando aprovação, estão especificados os seguintes acréscimos ao Bolsa Família 2021:

  • Os melhores estudantes receberão prêmio de R$ 200,00 (anualmente);
  • Bolsa mensal de R$ 100,00 aos alunos envolvidos em atividades de ciência e tecnologia. Os destaques ainda concorrem a prêmio (anual) de R$ 1.000,00.
  • Bolsa mensal de R$ 100,00 aos alunos envolvidos em práticas esportivas e os destaques, também, recebem 1.000 reais como prêmio.
  • Auxílio-creche mensal de R$ 52,00 (por cada criança).

Aguarda-se ansiosamente ao sair do papel tais ideias do Bolsa Família 2021, sobretudo, as famílias contempladas com as mudanças.

Calendário Bolsa Família em fevereiro

Nº final do NIS Data de saque
1 11/02
2 12/02
3 17/02
4 18/02
5 19/02
6 22/02
7 23/02
8 24/02
9 25/02
0 26/02

Além disso, desde o ano anterior foi definido prazos de adição dos valores para saque via Caixa Tem. Isso tudo, conforme o número final do NIS e mês correspondente de acréscimo:

  • 6, 7 e 8 – Janeiro;
  • 3, 4 e 5 – Fevereiro;
  • 1 e 2 – Março.

Quando estará disponível o saque Pasep 2021?

Compartilhe: