Agendamento Seguro Desemprego

O benefício do seguro desemprego é mais uma importante garantia dada aos trabalhadores. Neste artigo, você verá como dar entrada, documentos necessários, consulta e o agendamento seguro desemprego.

Entrada no seguro desemprego

O seguro desemprego é um benefício concedido à trabalhadores nos  casos de dispensa sem justa causa, e inclusive, em rescisão indireta. Veja os valores.

Publicidade


Média SalarialValor do Seguro Desemprego
Até R$ 1.480,2580% do Salário Médio
Entre R$ 1.480,26 a R$ 2.467,33Acima de R$ 1.480,25 será 50% + R$ 1.184,20
Acima de R$ 2.467,33R$ 1677,74

Lembrando que, a média salarial é feita com os últimos três meses anteriores a rescisão do contrato de trabalho.

O trabalhador terá direito entre 3 a 5 parcelas. Ainda assim, o valor da parcela nunca será inferior a um salário mínimo vigente.

Publicidade

Para que o benefício do seguro desemprego seja recebido com sucesso, todavia,  será necessário que o trabalhador fique atento para os prazos necessários para dar entrada no processo.

O período aceito para que a entrada possa ser emitida é entre sete e 120 dias após a demissão sem justa causa, decerto, contados a partir do dia do desligamento da empresa.

Entretanto, este prazo pode variar, já que os trabalhadores que exercem atividades domésticas possuem o prazo entre sete e 90 dias para iniciar a entrada no seu seguro desemprego, também contados a partir da data do desligamento.

Publicidade

Por este motivo, ter atenção é essencial para todos os trabalhadores que necessitam receber seu seguro desemprego.

Para facilitar o processo de entrada de benefício e respeitar os prazos do seguro desemprego, existem os agendamentos de atendimentos, como vimos no começo deste artigo. Portanto, ele funciona como um funil, ajeitando os trabalhadores brasileiros demitidos sem justa causa em uma fila equilibrada para que casa processo individual seja iniciado ou agilizado.

Para garantir um bom horário de atendimento, é recomendado agendar sua consulta após a meia noite, que é o horário no qual são liberadas as datas para os atendimentos futuros disponibilizadas no dia seguinte.

Publicidade


Documentos para solicitar o Seguro Desemprego

Para dar entrada no benefício do seguro desemprego, o trabalhador precisa ter sempre em mãos os seguintes documentos oficiais e pessoais:

  • Carteira de identidade, conhecida como RG
  • Carteira de trabalho
  • Certidão de nascimento ou casamento
  • Comprovante de matrícula no PIS/PASEP ou também o cartão cidadão
  • Os três últimos contracheques dos últimos três meses anteriores à demissão sem justa causa
  • Requerimento do seguro desemprego SD/CD nas duas vias
  • Termo de rescisão de contrato de trabalho
  • Documento de levantamento do FGTS ou ainda os extratos dos depósitos.

Infográfigo Documentos Seguro Desemprego
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

Mas não são apenas estes documentos necessários para a emissão do seguro desemprego, afinal o Caged é um dos documentos mais importantes e que deve ser tratado com prioridade. Ele fornece todas as informações sobre a empresa na qual você exerceu a prática de atividades remuneradas.

Como resultado, ele garante com que o órgão que emite o seguro desemprego possa ter acesso a contratação de pessoas pela empresa, controle de demissões e beneficiados com o seguro desemprego atualmente pela empresa.

É de responsabilidade das empresas manter o Caged atualizado, por isso, o Governo Federal realiza a emissão de um certificado digital informativo para casos de demissão ou mudanças no quadro de funcionários da empresa.

Veja também sobre o pagamento do décimo terceiro.

Agendamento Seguro Desemprego

Para fazer o agendamento seguro desemprego, o trabalhador precisa realizar um processo extremamente simples.

Basta acessar o site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e seguir os passos a seguir.

  1. Ao entrar no site, o trabalhador poderá deve selecionar o item “Agendar Atendimento” no menu do lado esquerdo.
    agendamento seguro desemprego
    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
  2. Após,  uma nova janela se abrirá, e nela o trabalhador poderá fazer o agendamento seguro desemprego. Também é possível clicar na opção para reagendamento de atendimento.
  3. Na tela Informações do Agendamento, será necessário selecionar o estado, município e a unidade de atendimento desejada. Além, do tipo de atendimento, que deverá ser Entrada no Seguro Desemprego. Basta clicar em prosseguir para validar.
    Seguro Desemprego 2
    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
  4. Nesta tela, poderá selecionar a Unidade de Atendimento que você preferir, para agendar seguro desemprego. Bem como, ver os dias que estão disponíveis para atendimento.
    Seguro Desemprego 3
    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
  5. Mas é importante que o cidadão agende apenas um atendimento caso tenha direito a receber o seguro desemprego. Pois, caso contrário estará atrasando a fila de consultas e prejudicando outros brasileiros que necessitam do benefício.
  6. Todavia, após a escolha da data e horário de atendimento, você precisará informar CPF, data de nascimento e telefone para contato. Em seguida, vá para a próxima tela de solicitação de agendamento do seguro desemprego.
    Seguro Desemprego 4
    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
  7. Ao final, confirme seu agendamento seguro desemprego

Ainda assim, caso o horário e o dia informados não sejam viáveis para você, poderá utilizar a opção de reagendar o atendimento do seguro desemprego.

Cálculo do Seguro Desemprego

Ainda assim, se você tem dúvidas sobre como é feito o cálculo do seguro desemprego, ou ainda, quanto irá receber se precisar deste benefício, veja como calcular o seguro desemprego.

Fazer consulta ao seguro desemprego

Para poder acompanhar o andamento do pagamento de suas parcelas do seguro desemprego, conferir o saldo em sua conta referente ao benefício e, ao mesmo tempo, outros dados sobre o seguro desemprego, o trabalhador possui algumas maneiras de consultar. Confira todas a seguir.

  • Clientes da Caixa Econômica. Mas caso você possua uma conta na Caixa, poderá acessar seu saldo e outros dados de maneira regular, como já faz com outras informações financeiras. Podem ser utilizados acesso via internet banking, caixas eletrônicos, agências ou até casas lotéricas.
  • Consulta Seguro Desemprego pela Internet. Também, é possível consul
  • tar o seguro desemprego diretamente pela internet. Assim, evitando filas nas agências, trânsito e perder tempo para outros afazeres.
    • Para isso, basta acessar o site da Caixa, procurar “Benefícios e Programas” no menu. Após seguir para “Benefícios do trabalhador” e por fim, a opção “Seguro desemprego”.
    • Agora, você precisa preencher todas as informações para ter acesso aos seus dados. Como, por exemplo, o seu Número de Identificação Social (NIS) ou o PIS/Pasep.
    • Nesta página também estarão todas as informações sobre o seguro desemprego, desde documentos até valores pagos.
    • Após preencher os seus dados, clique em “Consultar o pagamento” e terá acesso a sua consulta do seguro desemprego.
    • Todas as informações são recebidas e mostradas com total segurança ao beneficiado, e o acesso é totalmente restrito.
    • Do mesmo modo, é possível utilizar o aplicativo da Caixa no seu smartphone. O que facilita ainda mais o acesso à consulta do seguro desemprego.
  • Consulta seguro desemprego por telefone. Ainda que, você não sabe utilizar o internet banking e está sem tempo ou disposição para seguir até uma agência da Caixa Econômica Federal, poderá consulta seu seguro desemprego por telefone. Basta ter o seu CPF, RG e número NIS em mãos. Em seguida, ligar para o número 0800 726 0207 e seguir as instruções.

Consultar com o Cartão Cidadão

  • Cartão Cidadão Caixa. O Cartão Cidadão Caixa é um cartão magnético que possibilita o acesso aos diferentes serviços e opções disponibilizados pelas entidades que realizam os benefícios trabalhistas e sociais. Tais como FGTS, PIS e o seguro desemprego. Todavia, com ele, é possível acessar os seus dados e também as informações sobre o seguro desemprego, depósitos, e outros.

Para receber o seu cartão, é necessário possuir algum pagamento de benefício do Governo Federal. Mesmo que você não possua uma conta na Caixa Econômica Federal.

Publicidade
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter

8355 vezes baixado



 

 

 

Agendamento Seguro Desemprego
4.8 (95%) 4 votes

Pin It on Pinterest