A Quinta Parcela do Auxílio Emergencial já está disponível para saque!

Quer saber quanto e quando você poderá receber os valores e ainda aprender a forma mais rápida de sacar?? Então confira agora!

Publicidade

O Auxílio Emergencial é uma assistência financeira idealizada pelo Governo Federal com o objetivo de fornecer proteção a população em vulnerabilidade frente a crise sanitária da pandemia do novo coronavírus.

O pagamento do benefício começou no ano de 2020, mas acabou sendo prorrogado até o ano de 2021.

De início, no ano de 2021 as parcelas do benefício seriam divididas apenas em quatro pagamentos, que iniciaram em abril e seriam pagas até o mês de julho.

Publicidade

Mas um texto com a assinatura do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da cidadania, João Roma, foi publicado no Diário Oficial da União, onde informava a prorrogação do Auxílio Emergencial por mais três meses, tendo então, uma quinta, sexta e sétima parcelas pela frente.

Neste artigo iremos abordar as datas, valores e quem pode receber a quinta parcela do auxílio emergencial, acompanhe a leitura e saiba mais!

Quinta Parcela do Auxílio Emergencial: Quais os valores?

Quinta Parcela do Auxílio Emergencial

Os valores a serem pagos na quinta parcela da assistência financeira continuarão seguindo o que foi proposto na Medida Provisória nº 1039, publicada este ano no Diário Oficial da União, que estabeleceu o Auxílio Emergencial de 2021.

Publicidade

As parcelas consistem em valores mensais padronizados de R$ 150,00, R$ 250,00 e R$ 375,00, que variam de acordo a composição familiar de cada beneficiário.

O valor de R$ 150,00 é destinado para as famílias compostas apenas por um integrante.

Enquanto que a quantia de R$ 250,00 é atribuída ao beneficiário que possui dois ou mais membros na sua composição familiar, excluindo as mães que são chefes de família.

Assim, as mulheres que são mães e chefes de família, que não possuem cônjuge e tem uma pessoa menor de dezoito anos de idade sob a sua responsabilidade recebem R$ 375,00.

O valor continuará a ser depositado normalmente nas contas abertas gratuitamente pela Caixa e você pode consultar o saldo ou utilizar o dinheiro por meio do aplicativo Caixa TEM!

Quem pode receber

Para estar apto a receber o auxílio emergencial é necessário preencher alguns dos requisitos abaixo:

  • Ser trabalhador informal
  • A renda mensal da família não pode ultrapassar meio salário mínimo por pessoa (o que equivale até R$ 550,00)
  • Ter mais de 18 anos de idade (com exceção de mães adolescentes)
  • Ter sido atendido com o auxílio emergencial no ano anterior, em 2020

Ainda há uma lista de critérios para quem não pode receber o benefício, como veremos mais abaixo.

Mas se você tem dúvidas se tem direito ou não de receber a assistência financeira, pode entrar em contato com o site da Caixa Econômica Federal ou o telefone 111, além do portal da DATAPREV.

Quem não pode receber

Os critérios para quem não pode receber são diversos, como veremos a seguir:

  • Trabalhadores que possuem carteira assinada
  • Quem recebe benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou qualquer outro benefício de renda que venha do Governo Federal
  • Profissionais residentes de saúde ou estagiários que recebam bolsa de estudos
  • Pessoas que tiveram rendimentos tributáveis com valor superior a R$ 28.559,70 no ano de 2019
  • Quem até dezembro de 2019 possuía bens ou terras com valor maior que R$ 300.000,00
  • Seja membro de uma família que possua renda maior que 3 salários mínimos
  • Quem mora no exterior
  • Pessoas que tiveram rendimentos não tributáveis de valor superior a R$ 40.000,00 em 2019
  • Quem teve o auxílio emergencial de 2020 cancelado no momento da avaliação do auxílio atual de 2021
  • Pessoas que não movimentaram e nem sacaram o dinheiro do auxílio recebido em 2020
  • Presidiários.

Calendário da Quinta Parcela do Auxílio Emergencial

O cronograma contendo as datas das parcelas do auxílio emergencial podem ser consultadas no site da Caixa Econômica Federal, mas somente o calendário para quem é participante do programa Bolsa família foi divulgado por enquanto.

Pois os beneficiários do projeto recebem o auxílio seguindo o cronograma do Bolsa Família, que é pago nos dez últimos dias úteis do mês. As datas para recebimento da quinta parcela do benefício para quem faz parte do Bolsa Família seguirá a ordem do dígito final do Número de Inscrição Social (NIS).

  • NIS com o final 1: 18 de agosto
  • NIS com o final 2: 19 de agosto
  • NIS com o final 3: 20 de agosto
  • NIS com o final 4: 23 de agosto
  • NIS com o final 5: 24 de agosto
  • NIS com o final 6: 25 de agosto
  • NIS com o final 7: 26 de agosto
  • NIS com o final 8: 27 de agosto
  • NIS com o final 9: 30 de agosto
  • NIS com o final 0: 31 de agosto

Apesar do calendário para os trabalhadores informais, desempregados e demais pessoas ainda não estar disponível, a Caixa tem agora uma novidade!

A empresa está criando uma conta por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp para informar a população em geral sobre as datas dos novos pagamentos e também os dias dos saques!

Assim, a Caixa conseguirá entrar em contato com você através do número que foi cadastrado na poupança social digital no aplicativo Caixa TEM!

Esse artigo foi útil para você, então compartilhe com mais alguém!

Compartilhe: